Plano de Negócios | 8 elementos-chave para ter sucesso

Para gerir uma empresa é preciso criar um plano de Negócios, antes de tudo, organizar  ideias, metas e valores. Afinal, identificar esses critérios é indispensável para obter bons resultados em uma gestão empresarial, independentemente do tamanho e do tipo de seu empreendimento.

Produzir um plano de negócios de sucesso é o que todo empreendedor deve fazer para poder atingir seus objetivos. O artigo de hoje explica como esse conceito funciona e ainda mostra 8 elementos-chave para sua realização. Acompanhe!

O que é um plano de negócios de sucesso?

Também conhecido como Business Plan, um plano de negócios é um documento criado para descrever os objetivos de uma gestão empresarial. Ele também contém as atividades a serem realizadas para atingir tais propósitos.

Esse documento deve ser criado antes de seu negócio ser iniciado. Dessa forma, é possível guiar o desenvolvimento de sua empresa e, consequentemente, de seu plano de negócios com base nos valores, critérios e cultura estipulados por sua gestão.

Criar um plano de negócios eficiente é crucial para o desenvolvimento de qualquer tipo de empreendimento: com ele, será possível controlar e diminuir os riscos e incertezas existentes em sua gestão.

Em alguns casos, ao final da realização de um plano de negócios, descobre-se que tal projeto é inviável e que não condiz com a realidade econômica de sua empresa. Nessa situação, é muito importante fazer as adaptações necessárias, ou até mesmo optar por um outro tipo de investimento que traga melhores números para seu negócio.

Portanto, tenha atenção e sempre mantenha seu plano de negócios alinhado às mudanças que sua empresa sofre.

O que incluir em um plano de negócios?

Um plano de negócios nada mais é do que um manual de instruções desenvolvido para obter resultados positivos em um empreendimento.

Veja abaixo 8 elementos-chave que todo business plan deve ter:

1. Metas

Toda empresa possui objetivos e metas que deseja alcançar em determinado período de tempo. Diminuir despesas, aumentar os lucros, contratar novos funcionários, reduzir o número de acidentes de trabalho e inúmeras outras metas podem ser utilizadas para definir aonde sua gestão quer chegar.

Utilize tal artifício para motivar seus colaboradores. Mostre que todos têm capacidade para ajudar no crescimento do empreendimento em que trabalham.

Um plano de negócios de sucesso é baseado em objetivos e metas que condizem com a realidade de sua empresa. Não há sentido em criar um desafio que poucos conseguem superar, portanto, estipule valores ao alcance de todos.

2. Conhecimento

O conhecimento é essencial em todas as atividades que realizamos em nossas vidas. Para tornar um negócio mais rentável, também é preciso ter sabedoria ao realizar um plano de negócios.

Primeiramente, conheça sua empresa. Coloque em primeiro lugar os valores e a cultura que regem sua estrutura empresarial. A partir desse momento, tome as decisões que mais se adequam a esses critérios.

Saiba quais são as necessidades financeiras para a realização de seu projeto e defina um teto máximo para os investimentos. Nunca tente realizar algo que não caiba dentro de seu orçamento financeiro, isso pode colocar em risco todos os setores de sua empresa.

Entenda e compreenda qual é a realidade socioeconômica em que seu empreendimento se encontra. Descubra quais são as necessidades e exigências de seus clientes e faça com que essa demanda seja suprida pelos serviços prestados por sua empresa.

Fique atento à maneira com que os processos empresariais acontecem em seu ambiente de trabalho. Não se esqueça também de atualizar-se em relação às normas regulamentadoras.

3. Planejamento

O mercado financeiro é instável e sazonal, e um plano de negócios de sucesso é aquele preparado para prever e superar tais problemas. Para que isso ocorra, é necessário avaliar bem como ocorre o funcionamento de sua estrutura empresarial.

Imagine cenários em que sua empresa se adapte confortavelmente ao mercado e situações desfavoráveis ao crescimento. Defina quais ações serão tomadas em cada caso e faça com que seu empreendimento não seja prejudicado ao ser pego de surpresa por algum acontecimento.

4. Tecnologia

A tecnologia é uma forte aliada na gestão empresarial. Todos os processos, por mais simples que sejam, são beneficiados pelo uso de algum avanço tecnológico. Um plano de negócios de sucesso sempre deve utilizar as ferramentas tecnológicas mais inovadoras existentes no mercado de trabalho em seu benefício.

5. Comunicação

O diálogo é uma importante ferramenta para um bom funcionamento das relações humanas. Uma empresa abriga diversos tipos de colaboradores com as mais diversas opiniões e origens. Para que todos possam compreender uns aos outros, é preciso existir um ambiente que favoreça essa troca de informações.

Um plano de negócios deve prezar pela boa convivência entre os funcionários de uma empresa. É impossível criar uma situação perfeita em que todas as partes saem totalmente satisfeitas, portanto, permita que seus funcionários tenham a liberdade de se expressarem.

Receba críticas e elogios a fim de entender o que está acontecendo em sua empresa. Utilize-os para aprimorar sua gestão, evitando repetir os erros cometidos no passado.

Vale lembrar também que, para que todos possam compreender com clareza como funciona o plano de negócios de sua empresa, este deve ser desenvolvido com uma linguagem clara, direta e acessível a todos.

6. Ações de marketing e estratégias de vendas

As ações de marketing são cruciais para que seu produto seja conhecido e divulgado no mercado consumidor. Um plano de negócios define quais serão as táticas realizadas pelo setor de marketing de uma empresa.

Defina qual é o seu público-alvo e encontre as melhores formas de entrar em contato com ele. Aproveite que as mídias sociais estão em alta e faça com que sua empresa entre no mundo virtual para consolidar-se cada vez mais no mercado.

7. Análise de riscos

A análise de riscos é um elemento fundamental de um plano de negócios de sucesso, já que, apesar de planejar e tentar imaginar todas as situações que podem acontecer com sua empresa, imprevistos e incidentes ainda podem ocorrer.

Um recurso utilizado para essa análise é a matriz FOFA — conhecida também como análise SWOT ou Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats, traduzida para o português: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças.

Graças ao seu uso, é possível identificar as vantagens e fraquezas de sua empresa. Veja abaixo como funciona cada etapa dessa análise:

  • Strengths/Forças: verifica-se os fatores positivos de seu produto em relação aos outros oferecidos no mercado;
  • Weaknesses/Fraquezas: aqui os pontos que precisam ser melhorados são identificados;
  • Opportunities/Oportunidades: identifica-se os aspectos externos que favorecem o crescimento de sua empresa.
  • Threats/Ameaças: busca conhecer os fatores negativos que ameaçam o desenvolvimento de seu produto.

A matriz SWOT é apenas uma das diversas soluções existentes para evitar erros em sua gestão. Não deixe de analisar com paciência e calma cada situação em sua empresa e desenvolva um bom plano de negócios.

8. Análise de resultados

À medida que os processos ocorrem, os resultados obtidos precisam ser analisados. Caso estes não atendam ao que foi estabelecido previamente, cabe ao empreendedor rever seus conceitos. Lembre-se também de aprimorar aquilo que está dando certo para sempre melhorar sua gestão empresarial.

Um plano de negócios não é um documento que deve ser intocável e que não possa sofrer alterações com o passar do tempo, portanto, sempre o mantenha atualizado.

E aí, entendeu o que é preciso para criar um plano de negócios de sucesso? Restou alguma dúvida ou conhece outro elemento que não citamos aqui? Conte pra gente nos comentários!

Posts Relacionados

Leave a comment